segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Laura Germiniani é eleita Miss Itararé Be emotion 2019


Jovem tem 20 anos e é estudante

A estudante de Medicina Veterinária, Laura Germiniani, foi eleita, na noite de sábado (17), a Miss Itararé (SP) Be emotion 2019. Esse foi o primeiro concurso em que a jovem, de 20 anos, participou. 
Com 48 quilos e 1,64m, Laura disputou o título com outras sete candidatas e recebeu a coroa das mãos da Miss Itararé Be emotion 2018, Ana Flávia Tuchinski Schroder; a faixa do prefeito, Heliton do Valle e um buquê de rosas da primeira-dama, Denise do Valle. Laura ganhou ainda o contrato de um ano com a academia Artforma e as empresas Pret à Aller, Gi Hair, Francinne Metring e Clínica Mais Sorriso; um curso no Instituto Mix; uma viagem para Foz do Iguaçu, de Marcinho Guerreiro Excursões e óculos da Óticas Carol.

Cássia Galhotti conquistou a faixa de 1ª princesa e o Miss Popularidade Chevron. Como prêmio, ela foi agraciada com um curso de Inglês da escola Dream School, R$ 200 da Lojas Marias, um ano de academia na Artforma, kit de acessórios Maria Pimenta, óculos da Óticas Carol, um curso no Instituto Mix e kit Marias.

A faixa de 2ª princesa foi para Isadora Ribeiro e a de Miss Simpatia para Cassia Sviech. Elas foram premiadas com um curso no Instituto Mix, kit Marias, seis meses de academia na Artforma e brinde Junitex. 

Para o prefeito, é uma alegria poder coroar mais uma Miss Itararé. “Nossa cidade conta com diversas belezas. Não podemos deixá-las escondidas. Parabéns a todas as participantes. Obrigado a todos que apoiam e incentivam esse projeto”, enfatiza. 

Saiba mais -  O evento aconteceu no Clube Atlético Fronteira (CAF). Cerca de 250 pessoas estiveram presentes.  

A apresentação foi realizada pelo coordenador municipal de Cultura, Alisson Riveli e pela empresária Jocelene Cavazotti. Rafael foi o auxiliar de palco.

Após as candidatas desfilarem em trajes casuais, de banho, de gala e responderam a uma pergunta, a escolha foi realizada pela psicopedagoga, terapeuta e massoterapeuta, proprietária da Clínica Saint Germaim, Wanderleia Martins de Oliveira; gerente executiva e coordenadora de eventos da Associação Comercial de Jaguariaíva (PR), Vaniele Martins; diretor do Miss Teen Paraná Brasil, com 22 títulos estaduais e nacionais, Edielder Godoy de Lima; jornalista, modelo fotográfica e digital influencer de São Paulo, Isabella Rotta; booker, representante da Agência Joy Model, Fernando Herbert e pela itarareense e modelo internacional  Bárbara Cavazotti. 
 
Entre os intervalos, o público pode apreciar as apresentações da cantora Rogéria Holtz, do saxofonista Fellip Camargo e da DJ Nathalia Camargo.

Miss Popularidade - O concurso contou com a ajuda dos internautas para eleger a Miss Popularidade. O resultado foi divulgado durante a grande final. Para votar, era necessário acessar um link disponível na internet, escolher a candidata e enviar a resposta. A votação foi encerrada três horas antes do evento. Ao todo, a iniciativa contou com 656 votos. 

Parceira - O evento foi uma realização da Prefeitura, através da Coordenadoria Municipal de Cultura e contou com o patrocínio do Cofesa, Academia Artforma, Prét à Aller, Elise Farma, RE Veículos, Mottanet, Marias, Lumitoldos, Óticas Carol, Auto Posto Fabri, Instituto Mix, MaxScreen, Dream School, Chevron Online, Joice Moura Fotografia, Lucas Demétrio Fotografia, Colégio Andalu, Maria Pimenta, Jornal Regional News, Clínica Mais Sorriso, Latino Auto Center, MG Excursões, Bruno Silva Advogado, Pão quente, Francinne Metring, Gi Hair, Restaurante Bom apetite, Santiago Transportes e Aleluia Veículos.

//

sábado, 17 de agosto de 2019

Gabriella Ospedal é a vencedora do 2º Concurso de Fotografias de Itararé (SP)


Competição teve como tema 'Povo, memória e pertencimento'

Gabriella Ospedal foi o nome da noite na premiação do 2º Concurso de Fotografias de Itararé (SP). A fotógrafa recebeu o troféu de 1º lugar das mãos do prefeito, Heliton do Valle. 
Promovido pela Coordenadoria Municipal de Cultura, o concurso, que teve como tema “Povo, memória e pertencimento', teve por objetivo divulgar a produção fotográfica do município através de obras que representassem a essência dos moradores da cidade. 

A solenidade de premiação foi realizada na quinta-feira (15), no Teatro Sylvio Machado. Gabriella conquistou o primeiro lugar com um retrato em preto e branco do cotidiano da praça Francisco Alves Negrão (praça São Pedro). Lucas Demétrio, repetiu o feito da última edição e novamente ficou com o segundo lugar, através de uma fotografia feita na tradicional Procissão de Corpus Christi. A terceira colocação foi para Yan Ferreira, com a obra intitulada 'Carisma de Itararé', retratando Clodoaldo Oleiro, personalidade do município e um dos carregadores da Chama Olímpica no revezamento, em 2016.

Além de um troféu e certificado, todos os três serão contemplados com uma viagem para o Museu da Imagem e do Som, Pinacoteca e Museu do Futebol, em São Paulo (SP).


quinta-feira, 15 de agosto de 2019

PARA CEI DO ARROZ HOUVE ERRO ADMINISTRATIVO, MAS SEM DOLO OU PREJUÍZO AO ERÁRIO


Na sessão de segunda-feira (12/08) foi lido o relatório final da Comissão Especial de Inquérito (CEI) constituída para apurar eventuais irregularidades no estoque de arroz no DSE – Departamento de Suprimento Escolar da Secretaria Municipal de Educação, destinados à merenda.
CONCLUSÕES
A CEI confirmou a diferença, causada por falhas nos controles do DSE.
Foi efetivamente paga uma nota fiscal de 1.500 pacotes de arroz quando na verdade só tinham sido entregues 900, evidenciando problemas de conferência no recebimento.
O relatório destaca a ausência de dolo ou culpa grave de qualquer servidor público envolvido nos fatos, bem como a inexistência de prejuízo ao erário, uma vez que os pacotes de arroz faltantes foram entregues posteriormente.   
Para a CEI a Prefeitura errou ao não penalizar a empresa fornecedora, Atacadão Logística, que teria se aproveitado do descontrole no DSE para, de má-fé, só entregar os pacotes faltantes quando cobrada. 
Intimada a apresentar e-mails trocados com o DSE não o fez, somado a uma conveniente alegação de extravio de notas “devido à chuva” reforçam a sensação de má-fé.
RECOMENDAÇÕES
A CEI sugere advertência disciplinar aos funcionários envolvidos, fiscalização mais rígida por parte da Secretaria de Educação, treinamento e contratação de novos servidores para o setor.
Recomenda-se a punição da empresa Atacadão Logística nos termos da Lei de Licitações, deixando-a impossibilitada de contratar com o município de Itararé por pelo menos dois anos.
A CEI teve como presidente Rodrigo Fadel, relator Serginho Stadler e como membros os vereadores Julião, Marcinho Guerreiro e Tião do Bairro.

Assessoria de Comunicação/Câmara Municipal de Itararé

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Itararé 126 anos: 5º encontro de carros antigos acontece neste domingo (18) no município



Evento acontecerá a partir das 10h na praça São Pedro
A Prefeitura de Itararé (SP), através da Coordenadoria Municipal de Cultura, irá promover no próximo domingo (18), o 4º encontro de carros antigos. 
O evento faz parte da programação festiva em comemoração aos 126 anos do município e acontecerá a partir das 10h, na praça Francisco Alves Negrão (praça São Pedro). 
Na oportunidade, os amantes do automobilismo e de carros clássicos poderão apreciar mais de 50 modelos antigos. Haverá praça de alimentação, vestiários e banheiros.
Durante a atração, as ruas 13 de maio e João Ghizzi ficarão interditadas. 
A entrada custa R$ 10,00 mais 1kg de alimento que será revertido para uma entidade social. 

Itararé empata e fica fora da terceira fase da segundona


Depois do empate da Caçula com  Amparo no último domingo (11), cessaram nossas esperanças de continuar na Segundona.  Restam apenas 16 times na disputa deste Campeonato Paulista - equivalente à quarta e última divisão do estadual de São Paulo -, na briga por uma das duas vagas à Série A3 de 2020.

Na terceira fase, os times serão divididos em quatro chaves com quatro equipes cada. Os clubes foram divididos em quatro potes, de acordo com as campanhas. O sorteio para a definição dos grupos será realizado na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), nesta segunda-feira, às 16h. 
Pote 1 - Paulista, Marilia, Fernandopolis e Flamengo
Pote 2 - São José, Francana, Rio Branco e Independente
Pote 3 - Itapirense, Amparo, Guarulhos e Tupã
Pote 4 -  Catanduvense, Mauá, Catanduva e Assisense.



domingo, 11 de agosto de 2019

Câmara de Vereadores outorga 13 títulos dia 20 de agosto

Dentro da rotina anual, a Câmara de Vereadores de Itararé, realiza no Clube Atlético Fronteira às 19h30 de 20 de agosto, a sessão solene alusiva aos 126 anos de emancipação do município.
Durante a sessão solene serão homenageadas as seguintes personalidades:
Jurema Ribeiro da Silva
Dra Ana Maria Marques Camargo Marngoni
Professora Candida de Fátima da Silva
Professora Laudiceia Florinda dos Santos
Massueto Gonçalves
José Julio Freitas
Vilson Luiz Wisniewski
Marcelo Luiz Zanetti
Ovidia Souza Almeida
Erick Carli
Norma MinakoTakahatake Arie
Professora Ana Maria Ferreira Santos Oliveira
Denise A. Martins Cozzolino
Aos não nascidos em Itararé será dado o título de Cidadania e aos demais a menção de Honra ao Mérito.


quinta-feira, 8 de agosto de 2019

COMO EXPLICAR A EXTINÇÃO DAS FERROVIAS?

         Nada consegue explicar a extinção de ramais ferroviários e o sucateamento das ferrovias com o fim de suas linhas.
O conceito mundial ainda é abertura de ferrovias  por ser o meio de transporte mais eficiente e barato da humanidade.
         O rastro desse crime no Brasil deixa marcas profundas com viadutos e pontes metálicas abandonadas que ainda são verdadeiras obras de arte.
         O custo para abrir um curso de linhas, implantar trilhos e dormentes e depois abandonar tudo ao enferrujamento é incompreensível.
         No sul do Estado de São Paulo (Itararé) vivemos este absurdo contra o dinheiro público.
A ponte metálica sobre a barreira e outra sobre o Rio Funil são testemunhas deste desperdício nacional, onde fatos como este, somam-se aos mil.
         Próximo a Itapeva relegados a chuva existem dezenas de vagões abandonados sem um motivo justificado.
         No centro de Curitiba, um cemitério de locomotivas mostra de forma ofensiva este abandono.
         Se já foi comprovado que para equivaler a um trem com 15 vagões carregados capazes de transportar 1.500 toneladas são necessários 60 caminhões com capacidade para 25 toneladas, por que o trem no Brasil está acabando???
Se o transporte ferroviário é 31% mais barato que o rodoviário porque no Brasil se investe no inverso?
Em 1958, nossa malha ferroviária era de 38.967 quilômetros.
Em 2006 o Brasil tinha perdido 9.715 km reduzindo sua malha para 29.252 km. Neste mesmo ano os Estados Unidos atingiu 226.605 km.
         Volto a perguntar: - Porque no Brasil estamos eliminando nossas ferrovias???
         Na década de 80, nosso Senado e nossa Câmara Federal tinham dezenas de parlamentares que também eram empresários do ramo rodoviário. Teríamos sido vítimas deste cartel???
         A administração pública do país grita alto em sua defesa dizendo que as ferrovias são precárias e falimentares.
         Dão até um exemplo financeiro afirmando que com a privatização de trechos ferroviários o Brasil deixou de gastar 350 milhões de reais e ainda lucrou 400 milhões de reais com a privatização.
         Dizem ainda que isto foi bom também para as ferrovias, tendo como exemplo o ano de 1997 quando “o estado”  investiu 353 milhões de reais no sistema e em 2005 já privatizado, o sistema ferroviário teve um investimento na ordem de 3.378 milhões de reais.
         Se as informações são corretas, fica a impressão que o Governo Brasileiro é um fracasso para gerir seus negócios, pois aquilo que lhe dá prejuízos, cai na mão de empresários de verdade e vira uma mina ambiciosa de ouro.
         E as informações procedem ao sabermos que a ALL- América Latina Logística que explora a malha sul desde março de 1997 foi considerada em 2019 como a maior empresa ferroviária da América do Sul.
         Sua malha férrea atinge hoje 20.495 quilômetros dominando o sul de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Mato Grosso do sul e parte da Argentina.
         Sua frota atual é de 980 locomotivas modernas e 28 mil vagões liderando o transporte de soja, farelo, combustível, cimento, fertilizantes e outros produtos agrícolas.
         Na verdade resta provado que a incapacidade política é a única responsável pelo fracasso do trem no Brasil.
 

Cemitério de vagões num desvio próximo a Itapeva-SP.
Gigantesca ponte metálica sobre o Rio Itararé próximo a Itararé-SP
Locomotivas enferrujando no centro de Curitiba - PR

Todos os direitos reservados - Hélio Porto Comunicações Ltda.
Fone: (15) 3532-3314 - Rua Campos Salles, 1261 - Itararé-SP - Cep.: 18460-000