quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Prefeitura sinaliza atrativos turísticos


O objetivo da ação é promover a valorização das rotas de cicloturismo da região
A Prefeitura de Itararé, iniciou na quarta-feira (07) a sinalização de atrativos turísticos do município. 
Até o momento, foram colocadas seis placas de orientação no acesso ao Circuito Rio Verde e Rio da Vaca, no Balneário do Rio da Vaca, locais sinalizados como prioritários no Plano Diretor de Desenvolvimento do Turismo. As placas indicam quilometragem, atrativos e estrada compartilhada entre veículos e ciclistas.
O próximo local a receber sinalização é bairro do Ibiti, com placas indicativas no sentido Rio Verde e Rio da Vaca e, posteriormente, Serra da Lumber.
A ação é uma iniciativa inédita da Prefeitura, que visa promover a valorização das rotas de cicloturismo da região, garantindo mais segurança e comodidade à população e aos visitantes.

Rio Verde – Ponte (Lanchonete do Chico Arruda) - Localizado nas margens da rodovia, esse tradicional ponto de parada atrai os visitantes pela facilidade de acesso, descanso ao lado do rio e apoio para alimentação.
Endereço: Rodovia Francisco Alves Negrão, SP-258, na altura do KM 324, próximo ao pedágio.
Infraestrutura: no local existe uma lanchonete que oferece bebidas e salgados.
Horário: das 8h às 00h
Preço: entrada livre
Rio da Vaca - Afluente do Rio Verde, esse rio tem uma característica marcante que o diferencia, a temperatura agradável de suas águas, considerada quente para os padrões da região, proporciona lazer e recreação.
Endereço: seguindo pela Rodovia Francisco Alves Negrão, SP-258, na altura do KM 326 entre o pedágio e a ponte do Rio Verde, segue por uma estrada vicinal de chão batido por dois quilômetros.
Infraestrutura: no local há um pequeno ponto de apoio para alimentação.
Horário: das 08h até o pôr do sol

2 comentários:

  1. O Rio Verde, na sua parte tradicional, foi privatizada há muitos anos. Fechou-se, construíram açudes às margens e, hoje, cobram uma taxa para entrada. Um absurdo, uma vez que rios são entes públicos.

    Há uns 10 anos questionei formalmente o então promotor daí. Respondeu-me que não havia ilicitude. Continuo achando que existem coisas fora do lugar e não bem explicadas. O Rio Verde em toda sua extensão tem que estar aberto ao público e, para isso, cada proprietário tem que garantir o acesso pela sua propriedade.

    ResponderExcluir
  2. Obs. esse acesso obrigatório que os proprietários devem disponibilizar chama-se 'servidão' previsto em lei.

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados - Hélio Porto Comunicações Ltda.
Fone: (15) 3532-3314 - Rua Campos Salles, 1261 - Itararé-SP - Cep.: 18460-000